Marmitas saudáveis entregues ao domicílio.

Qual a tua fonte de proteína de eleição?

As proteínas são moléculas orgânicas compostas por aminoácidos responsáveis pelo crescimento e pela reparação de tecidos. Por isso, atletas que consomem alimentos ricos nesses nutrientes ganham muita massa muscular magra. Mas isso não é tudo, as proteínas também ajudam na produção de enzimas, hormonas, neurotransmissores e anticorpos, na reposição do gasto energético das células e no transporte de substâncias para o corpo.

Existem proteínas de origem vegetal e animal. As proteínas de origem vegetal são consideradas incompletas por serem pobres em aminoácidos essenciais, que são aqueles que o nosso organismo não produz. Já as proteínas de origem animal são completas, uma vez que contêm esses aminoácidos essenciais e são também mais eficazmente absorvidas pelo nosso organismo. Quem não consome carne, no caso os vegetarianos, não tem forçosamente de levar uma dieta mais pobre ou menos rica nesse tipo de substância, pois podem sempre complementar a sua dieta com diversos cereais e grãos. 

Alimentos como a carne, o peixe, os ovos, a soja, mas também outros como os lacticínios, a quinoa, os feijões ou as sementes são bastante ricos em proteínas e devem ser todos incluídos numa dieta equilibrada e variada.

Mas no que toca à carne mais especificamente, enquanto uma das maiores fontes de proteína que podemos consumir, vamos agora analisar algumas propriedades presentes em 4 tipos distintos deste alimento, a carne de Frango, de Perú, de Vaca e de Porco

                                                  FRANGO                               PERÚ                                          VACA                                       PORCO

Proteínas  20,90 g                                 17,10 g                                            26,40 g                                          27,30 g
Gorduras     9,30 g                                 1,70 g                                              15,00 g                                          17,00 g
Calorias     171 kcal                               104 kcal                                          252 kcal                                         271 kcal

 

De forma geral, a ingestão diária de proteína recomendada é de 0,8 gramas por quilograma de peso corporal. No entanto, é importante salientar que essa é a média padrão de uma pessoa com atividade diária comum, sendo que naturalmente uma pessoa extremamente ativa ou um desportista regular tem uma necessidade de consumo muito maior que essa, pois consume mais calorias e tem uma maior necessidade de reconstrução e renovação dos seus tecidos musculares.

É sempre recomendável contactar um nutricionista para obter uma ajuda específica e fundamentada sobre o tipo de alimentação a levar e quantidades a consumir para cada caso.

O consumo excessivo de proteínas pode sobrecarregar o fígado e os rins, entupir as artérias devido à acumulação de gordura e ainda aumentar os níveis de mau colesterol no sangue. Além disso, pode fazer com que o corpo perca muita água e prejudicar o bom funcionamento do coração. É importante por isso, seja qual for o caso, levar uma alimentação equilibrada e que abranja todos os grupos alimentares.

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos